quarta-feira, 26 de junho de 2013

Mundos Possíveis




Deus e o Mundo

Existem quatro posicionamentos sobre a relação Deus e o Mundo:

1 - Deus existe
2 - Deus não existe
3 - O mundo faz sentido
4 - O mundo não faz sentido

A combinação desses quatro fatores resultam naquilo que as pessoas creem:

1 - Deus existe e o Mundo faz sentido.
2 - Deus existe e o Mundo NÃO faz sentido.
3 - Deus não existe e o Mundo não faz sentido.
4 - Deus não existe e o Mundo faz sentido.

Os Ateus poderão defender as propostas 3 e 4. Sendo que a proposição 4 não faria o menor sentido em ser defendida. Isso seria ilógico.

Os Teístas e Deístas poderão defender as propostas 1 e 2. Aqui há polêmicas!

Se Deus existe e o Mundo, apesar de sua imperfeição, não fizer sentido algum, logo, podemos concluir que a Vida é sem Objetivo, e portanto, não há um Projeto divino, não há planejamento divino, não se chegará a absolutamente a nada. Você pode pensar: Mas, será que alguém que crê em Deus pode pensar assim? Resposta: Sim existe uma leva de teólogos que pensam exatamente assim: Os liberais.

Se Deus existe e o Mundo, apesar de sua imperfeição, faz sentido, logo, podemos concluir que a Vida tem Objetivo, que há um Projeto Divino, que há um Planejamento Divino. Aí, você pode pensar: Como a Vida faz sentido se o Mundo é tão Caótico? Como a Vida faz sentido se um Tsunami arrasa cidades inteiras e mata milhares de pessoas? Como a Vida faz sentido se um Câncer corrói uma pessoa ainda em vida?


O que posso te dizer é que você está misturando emoções com a razão!


Se formos analisar sob o aspecto emocional, certamente vamos ficar raivosos e condenar Deus ao banco dos réus.


Porém, se formos analisar sob o aspecto racional, intelectivo, vamos verificar que podem existir objetivos divino até mesmo no sofrimento. Ou seja, quando estou debaixo da mais dura pressão emocional é que vou manifestar meu caráter. Ou seja, Deus tem objetivos de ordem Moral para permitir o sofrimento.
A Bíblia afirma que haverá julgamentos, mas em que base se pode julgar se as pessoas foram empurradas a cometerem erros? Aí está o diferencial entre aquele que teme a Deus e aquele que não O teme.


Deus julgará!