terça-feira, 29 de julho de 2014

Jesus está Voltando. Israel terá um Messias



A Escatologia é o estudo sistemático das coisas que hão de acontecer no futuro da humanidade assim como na vida do individuo. Portanto, existe a escatologia individual que está restrita apenas à pessoa em vida e no pós-vida. Como ela se saiu enquanto existiu neste planeta e o futuro que lhe está determinado por Deus, mas que ela escolheu em vida gastar seus dias.



Assim, também, essa pessoa e todas as demais pessoas (a humanidade) que já viveram também terão um destino, um futuro determinado por Deus. E existem várias profecias divinas que respondem, de forma as vezes clara e outras nem tanto, às indagações sobre o que acontecerá no final da história humana.

Conforme Jesus falou aos seus discípulos, e, portanto, a todos nós que muitos sinais aconteceriam como indícios de sua volta a este Mundo (Mateus 24.3-31):

Primeiramente, Jesus, nos alerta que o engano seria exacerbadamente e intencionalmente implantado neste mundo, e nos diz nitidamente que deveríamos ter cuidado pois tentariam nos enganar (Mt.24.4).
Jesus diz: "Ninguém vos engane", portanto, é possível ser enganado nestes dias de tantas novidades retiradas às conchadas do caldeirão das trevas repletas de bruxarias e ideologias cativantes, mas infernais.

Dentre essas ideologias cativantes está o alimento mais pernicioso já retirado do caldeirão, a Teologia Liberal protestante, ou a Teologia da Libertação Católica, ou a Teologia da Missão Integral que tem vistas às minorias, os pobres, os negros, as mulheres, os homossexuais, a ecologia, enfim, o marxismo que tenta fazer o que Deus não fez: a igualdade entre os seres humanos.

A aparente ação social de amparo aos desfavorecidos, aos pobres e discriminados, aos excluídos da sociedade e às famigeradas mulheres espancadas por homens violentos, na verdade são manobras para deter a Cultura Judaico-Cristã que de certa forma têm influenciado este mundo até aqui por meio do Evangelho e da moral cristã. Tudo isso fruto de mentes brilhantes mas nada virtuosas da Escola de Frankfurt contaminadas pela filosofia de Hegel e Karl Marx e sobre tudo da Teoria da Evolução de Darwin. O que contribuiu com o sucesso dessa investida foi a ala do cristianismo que tentou severamente punir cientistas que discordaram de seus dogmas e domínios, isto é a Igreja Católica Romana.

Disse mais o Senhor: "Muitos virão em meu nome" (Mt.24.5). Aí já estão! Falando em nome de Jesus como se dele fossem, mas não passam de homens corrompidos com suas mentes contaminadas pelo mais puro veneno da serpente edênica que desde a época dos apóstolos já tentavam influenciar a Igreja em seus primórdios, e que foram veementemente combatidos por eles, como os nicolaítas, os gnósticos, os simonitas e os legalistas, isso fora os falsos Messias que também naquela época já se faziam presentes. Estes gnósticos seguem a doutrina de Balaão, pois vendem a Bíblia para comprar livros gnósticos cheios de heresias sutis, desfigurando a Trindade Divina e colocando-os no mesmo patamar que os homens com nomes humanos e figuras humanas, o que por si já configura uma idolatria. Como o livro divulgado e implementado em seus rincões como leitura obrigatória como "A Cabana" o "Repintando a Igreja" e tantas outras obras descaracterizantes do cristianismo puro. São homens corrompidos de alma e sem temor ao Único e Verdadeiro Deus, Jesus.

O Anticristo já dá sinais claros de que seu reino está chegando, só há um que ainda o retém que é o Espírito Santo na Igreja do Senhor, pois foram feitas tentativas claras de implantar seu reino de trevas com as marchas das vadias, a parada gay, a legalização do aborto, a destruição da família como célula base da sociedade, o feminismo selvagem que tem como meta o enfraquecimento dos homens, para fazer deles menininhas covardes, tirando-lhes a autoridade de provedor e prejudicando a imagem do Criador nos mesmos. É mais fácil travar uma guerra contar homens covardes, afeminados e submissos.

Igrejas inteiras, grandes denominações, assimilando o Ecumenismo, o Dialogo Inter-religioso e a Pluralidades Religiosa como se Cristo fosse um subproduto em que se pode escolher num grande supermercado juntamente com outros subprodutos de outras religiões a escolher. Evidentemente tudo isso enfraquecendo o Cristianismo autêntico, pois fogem dos Dons do Espírito Santo como se Satanás fosse, pois são covardes que resolveram saber mais do que Deus Espírito Santo. Zombam dos dons espirituais, pois apara eles lhes parece loucura!

Por outro lado temos as Igrejas de Mamom, que só aprenderam a pedir dinheiro e seu deus passou a dominá-los. O dinheiro vira deus quando ele passa a ser senhor, a ser o centro e propósito da adoração. Os neo-pentecostais que acabaram por trair a Igreja de Cristo com suas infâmias e celeiro de preguiçosos que não sabem sequer costurar uma tenda, amassar tijolos ou pescar peixes. Viram na Igreja do Senhor Jesus um palco circense montado para seus shows, para suas magias e seus espetáculos com um único intento tomar dinheiro do povo que não lhes pertence. O Mundo os observa e não sabe diferenciar entre os certos e os errados, colocando-os todos num mesmo caldeirão.

Pregam estes o evangelho das conveniências, o evangelho dos pobres, o evangelho das feministas, o evangelho dos afrodescendentes, o evangelho dos homossexuais, o evangelho dos abortistas, o evangelho pró-palestinos, o evangelho marxista, o evangelho do dinheiro. Até mensagem específica para ofertas e dízimos eles impõem à Igreja de Jesus. Como ficarão impunes? Tudo isso é o caminho de preparação da chegada do Anticristo, pois assim como João Batista era a voz que clamava no deserto e preparava o caminho do Senhor, assim, importa que esses precursores do Anticristo anunciem e estimulem a sua vinda para um reino de trevas como nunca houve antes na história humana.

Zacarias, o profeta do Senhor, disse em alto e bom som que no fim dos dias Deus faria de Jerusalém uma pedra pesada a todas as Nações (Zc.12.2,3). Exatamente isso o que estamos vendo em nossos dias, todas as Nações do Mundo estão se voltando contra Israel, e Deus com toda certeza irá tratar com esse povo que por toda história foi perseguido, humilhado e sacrificado, só por que um dia Deus resolveu que eles seriam seu povo, a "menina dos olhos de Deus". Está chegando o dia em que esse povo finalmente alcançará sua vitória final, pois agindo Deus quem poderá impedi-lo? Zacarias diz que naquele dia Deus destruirá as Nações que vierem contra Jerusalém. (Zc.12.9).

Mas, antes que Israel seja totalmente liberto e exaltado, eles ainda serão mais uma vez enganados por um falso Messias, que na verdade será o Anticristo, e farão com ele um pacto por sete anos, mas no meio desse tempo o pacto será quebrado, e o Anticristo se sentará no Lugar Santo querendo ser adorado como se Deus fora.






domingo, 6 de julho de 2014

O Livre-Arbítrio e o Mal




O  axioma do Livre-Arbítrio é a afirmação de que todo ser humano é Livre para fazer suas próprias escolhas e decidir o caminho que lhe parece ser o correto, ou seja, o ser humano tem uma Vontade livre capaz de tomar decisões.

Todos nós temos o Livre-Arbítrio para decidir e escolher agir desta ou daquela forma. A questão é que algumas vezes fazemos péssimas escolhas.

Ao escolher fazer o mal, com meu livre-arbítrio, algumas vezes eu escolho me prender. Escolher o Mal é algo viciante. A pessoa um dia escolheu fumar e insistiu em fumar apesar de seu pulmão reclamar no mesmo instante provocando tosse, aí ela se torna prisioneira dede sua má escolha. Essa pessoa usou seu livre-arbítrio para se tornar um escravo sem liberdade.

Ninguém fica prisioneiro por escolher o Bem, mas sim por escolher o Mal. Tudo o que vicia é em si o resultado de uma escolha pelo Mal. A cocaína, a maconha, o álcool, a pornografia, a masturbação, a mentira, a violência, a gula, o ódio, tudo isso é viciante, pois é uma questão de escolha, de Livre-Arbítrio!
E o que é o fazer o Mal? É o abandonar o Bem! Qual é o Bem maior: A masturbação ou a relação sexual entre o casal? A cocaína que provoca alucinações e vicia ou a lucidez? A pornografia viciante ou ter a Mente pura de Cristo? A Mentira ou a Verdade? A Violência ou a Paz?

Optar por algo Mal é abandonar o Bem!

O Mal em si não existe, o que existe é o distanciar-se do Bem. Quando nos distanciamos do Bem podemos viciar no Mal obtido. O pulmão enche-se de nicotina ao fumar e causa males profundos, mas não precisava ser assim! O pulmão não foi feito para fumar! Mas, é em si tão bom que resiste a toda fumaça introduzida insistentemente nele. O pulmão é bom! A fumaça não é má, ela torna-se má ao ser introduzida nos pulmões.

O Mal passa a existir quando abandonamos o Bem!

Hoje o que temos que perguntar é "O que é menos mal?" Pois, o abandono ao Bem é tão intenso que o Mal passou a dominar a sociedade moderna. Estamos como quando o Mal dominou Sodoma e Gomorra,e a Luz se apagou!

Voltemos ao Bem! Pratiquemos o Bem! Tive fome e me destes de comer! A fome já é algo que não deveria existir, mas o Mal mesmo é abandonar o Bem de saciar a fome daquele que mendiga o pão. Não vamos fazer deste Mundo um lugar melhor, mas vamos fazer o Bem que não vicia, mas diminui a ação do Mal, pois é um retorno ao Bem.