terça-feira, 25 de junho de 2013

Amor e Graça




Amor e Graça

Há um bom tempo atrás os jovens eram bombardeados pelo seguinte slogan: "Amor Livre"; "Faça Amor, não faça a Guerra" e "Paz e Amor Bicho!"
Essa foi uma campanha vitoriosa da Escola de Frankfurt contra o Ocidente, onde os jovens lançaram-se no "Amor" livre. As Novelas globais entraram de cabeça nessa meta de desorientar os jovens e encaminhá-los à promiscuidade, à solidão, ao desenlaço familiar. Hoje os resultados estão por todo Brasil numa violência sexual contra jovens inocentes e até de crianças, e isso sem contar com o Aborto que é uma famigerada praga de nossos dias, contra a Vida de outrem.
Qualquer pessoa que tem hoje seus setenta anos pra baixo já foi vítima de agressão das teses filosóficas da Escola de Frankfurt, contra o Ocidente, contra a Cultura Judaico-Cristã, e pior é que ainda não se acabou, mas encontra-se em fase avançada de desenvolvimento, e sem retorno.
O Amor não é nada disso, o amor não é sexo, o sexo é uma consequência do amor.
O Amor é Livre, mas não no sentido que a escola de Frankfurt lhe atribuiu, mas no sentido de Liberdade. 

Vejamos:

O Amor é Livre por que ninguém é obrigado a Amar. 
Tenho uma esposa maravilhosa, graças a Deus e que me Ama, mas suponha que ela não me amasse, eu nada poderia fazer para ela me amar, eu não posso obrigá-la a me amar! Por isso o Amor é Livre. Se a mulher que você ama, ou homem que você ama, não corresponder à esse amor, então, não há raciocínio lógico, não há argumentação racional que os faça mudar, pois o Amor é Livre. Faltando essa compreensão surgem os problemas, pois passa-se a travar uma luta de posse, ou seja, você é minha/meu quer você queira ou não. Até assassinatos podem ocorrer, chamado crime passional.
O Amor tem que ser correspondido para ser um amor Verdadeiro. Não existe Amor num relacionamento não correspondido, e se o Amor acabou, como dizem alguns, é por que nunca foi amor Verdadeiro. Amor Verdadeiro não abandona! Quando abandona, foi apenas uma atração sexual famigerada que com o tempo e o modificar dos corpos, o envelhecimento, acaba.

Pois bem! O que tem isso a ver com a Graça? Tudo!
Amor e Graça são águas da mesma fonte.

A Graça é Livre. Deus a deu a toda humanidade, mas da mesma forma que o Amor a Graça requer correspondência. Ninguém é merecedor da Graça, pois ela é Livre, ela vem de Deus, logo, Deus aguarda com expectativa nossa decisão de Amá-lo, de receber sua Graça com gratidão e amor. Porém, Deus não se apropria de alguém sem que esse alguém se decida receber sua Graça.

Porém, contrariamente ao amor humano, o Amor de Deus, sua Graça, nunca é negada àqueles que o buscam.
Atribuir à Graça uma limitante, e estabelecê-la como um premio a apenas alguns privilegiados é o mesmo que fazer do Amor um premio a apenas alguns poucos, e assim limita-se o Amor de Deus e Sua Graça.
O Calvinismo é exatamente isso um limitante ao Amor de Deus e um limitante à Graça de Deus. Essa foi uma das piores heresias que já apareceram e perdura até hoje, e pior está servindo de apoio para o ateísmo, pois se Deus criou alguns para o Céu e outros para o Inferno, então, Deus não é Amor, portanto, Deus não pode existir. Não pode existir um Deus que não tenha essa Virtude, O Amor, em grandeza absoluta.