segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Liberdade - Somos Livres numa grande prisão




Liberdade foice, Determinismo foi-se.

"Causa de todas as causas, tem piedade de mim" Sócrates

No Mundo material tudo o que existe tem uma causa. A Bíblia diz que Deus criou todas as coisas. Portanto, Deus é o causador de tudo o que há no mundo material.

Sendo assim, vamos pensar a respeito da Neve. O que causa a Neve? A Neve são gotículas de água que se precipitam das nuvens, mas ao cair passa por uma região muito fria que a solidifica, transformando-se em Neve.

Pois bem, então, a Neve tem uma causa, assim como a chuva, o Raio, o Trovão, etcetera, e por terem uma causa eles não são livres, pois estão restritos àquilo que os produz, ou seja, às suas causas.

O ser humano, foi criado por Deus. Assim, teve um causador que o moldou no barro, soprou em suas narinas e assim passou a ser uma alma vivente. Logo, o ser humano não era livre, pois estava preso ao seu Causador, como a Neve depende de uma série de fatores para existir, assim o homem dependia de tudo o que o Causador proporcionara a ele.

O Causador do Homem, foi o Oleiro, foi Deus, e esse Deus proveu tudo o que o ser humano necessitava para sua sobrevivência, como: plantas, frutos, hortaliças e principalmente o fruto da Árvore da Vida, pois se se ferisse ou adoecesse bastaria comer desse fruto. Mas, o ser humano não tinha Liberdade, não tinha Livre Arbítrio, pois estava preso às condições estabelecidas pelo Oleiro e por tudo o que necessitava para viver.

O ser humano para ser Livre teria que se desprender de suas Causas, e de tudo o que o mantinha atado à Causa, pois todas essas coisas o mantinham preso a um determinado estilo de vida pré-estabelecido. O Determinismo o mantinha preso, as causas o mantinha preso. Então, a Serpente lança uma proposta de Liberdade ao homem: "Por que você tem que comer só o que lhe foi proposto?" "Você precisa ficar preso à Causa?" Como aquilo que não lhe foi proposto como Causa de Vida!

O ser humano comeu o fruto que o Causador não lhe deu como causa para viver. Assim, desprendeu-se do Causador, passou a conhecer outras opções de vida, mas com o perigo do Mal rondando sua existência.

Por haver rejeitado o Fruto Causa de Vida, o Fruto do Éden, foi expulso do Éden que renegou como Causa de si. Ganhou sua Liberdade! Mas, será que Libertou-se?

A Autonomia (que significa regra própria) do homem o faz um prisioneiro da causa de seu descaso, ou seja, o aprisiona em pequenas causas de engano. Logo, o ser humano querendo a Liberdade, deixou o Paraíso, a Árvore da Vida e Deus. Foi viver seu projeto pessoal de vida. Mas, como não há vida fora da Vida, o homem sobrevive com as migalhas que caem da mesa de seus Senhores, pois Deus nunca abandonou o homem, mas o homem o abandonou.

Não há hoje Determinismo! Pois, o Determinismo foi a Causa abandonada.

A Liberdade concede ao ser humano uma prisão de pesadelos, de medos, de doenças e de mortes! Pois, Determinados ou Livres estamos todos presos.

Mas, ainda bem, isso é temporário! O Tempo existe! Glória a Deus! A Morte existe Glória a Deus! Pois, para todos os que querem ter vida, terão que morrer. Todos os que Morrerem, terão vida!

Ouro, prata, pedras preciosas, que valor tem sem a Verdade e a Libertação que Jesus nos trouxe? Os incausados pseudo-libertos, se enganam e enganam por dinheiro. Não pensam nas Almas, mas nos recursos. Gritam - "deem-me os seus dízimos e ofertas, pois se não vocês estão roubando a Deus", mas eles mesmos Roubam a Igreja de Jesus Cristo que deu a vida por ela. Não se preocupam com o ensino, com a edificação dos "irmãos", mas são vistos como números e cifrões.

Impressionante como as pessoas não buscam a Verdade, mas sua própria glória! Dentro e fora das Igrejas. Igreja não salva ninguém.

Quer Libertar-se? Conheça a Verdade! Conheça a Verdade em Vida num único Caminho: Jesus!